Supervisão Clínica

A prática da Psicologia clínica. muitos também sentem a falta e também a necessidade da continuidade do aprendizado e desenvolvimento da teoria e técnicas, e para isso tem a supervisão clínica, na qual pode favorecer o fortalecimento do psicólogo, ampliando suas possibilidades e capacitações, dando oportunidade esclarecer dúvidas, medos e preocupações referentes a prática clínica, técnicas terapêuticas, reflexão acerca do vínculo estabelecido e atuação. Sendo assim, a parceria e o apoio de um profissional mais experiente podem favorecer o crescimento e o desenvolvimento profissional e pessoal.

A competência é desenvolvida por meio do processo de aprendizagem que contempla a intersecção de três dimensões:

  1. Conhecimentos. Domínio de conhecimentos teóricos, capacidade analítica, de raciocínio lógico e pensamento crítico sobre as situações e casos clínicos;

  2. Habilidades.  Também denominadas de capacidade instrumental, são inerentes ao desenvolvimento de competências, já que estão ligadas ao domínio das técnicas específicas, ou seja, a habilidade do fazer prático, que caracteriza a atividade profissional. Essa aprendizagem ocorre primordialmente pela vivência prática, especialmente na ocasião dos estágios;

  3. Atitudes. Modo de proceder ou agir no contexto de intervenção em relação à problemática e ao cliente, habilidades de empatia, de comunicação, de manejo dos aspetos emocionais e de reflexão sobre a própria intervenção são aspetos importantes dessa dimensão.

O que compõe a supervisão? 

 

  • Discussão de caso clínico,

  • Feedback sobre desempenho,

  • Indicação de literatura específica para os atendimentos,

  • Exploração de hipótese diagnóstica e conceituação do caso,

  • Treino de competência psicoterapêutica,

  • Desenvolvimento da carreira do psicólogo clínico.

Agende sua supervisão com Psicólogo Walter Benatti.